MENUMENU

ESA nomeia coordenadores para as áreas de Direito Público e Direito Privado

A Escola Superior da Advocacia (ESA) da OAB Paraná vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, tanto em qualidade, quanto em quantidade de cursos oferecidos e alunos atendidos. No triênio 2016-2018, sob a batuta da coordenadora Graciela Marins foram 50 mil inscrições em 840 cursos presenciais e on-line. Diante de todo esse êxito e crescimento, além da coordenação geral, recém assumida pela advogada Adriana D’avila Oliveira, a atual gestão cria dois novos cargos: Marília Pedroso Xavier será a coordenadora de Direito Privado e  Francisco Zardo será o coordenador de Direito Público.

“Recebemos, com honra e gratidão, uma escola sólida e estruturada de forma a atender uma demanda crescente dos advogados paranaenses. As gestões anteriores, como não se pode deixar de registrar, realizaram um trabalho hercúleo”, diz coordenadora geral. “Diante da crescente demanda, o trabalho até então realizado por uma só coordenadora, agora será dividido em três pessoas, por área específica de atuação, de acordo com a expertise de cada coordenador. Vamos trabalhar juntos, lado a lado, contribuindo para manutenção da qualidade e respeitabilidade alcançada pela Escola ao longo do tempo”, explica Adriana D’Avila Oliveira, que também terá o papel de fazer a gestão geral da ESA e a ponte entre os coordenadores e a diretoria da OAB Paraná.

Referência

Marília Xavier ressalta que a ESA vem sendo tão bem conduzida que se tornou uma referência nacional. “Tomo esse convite como algo extremamente honroso e desafiador. Tenho muito respeito e admiração pelas gestões anteriores. Dar seguimento a esse trabalho é muito instigante”, afirma a advogada. Ela considera a posição da escola essencial para a atualização dos profissionais. “Aqui há uma formação específica, desenhada para advogados, e não são cursos genéricos como os que se encontram no mercado”, observa Marília.

Sequência

Francisco Zardo também enfatiza o viés prático da ESA. “Uma das diretrizes da atual diretoria é oferecer uma gama de cursos aos advogados do interior e utilizar cada vez mais o ensino a distância. É uma maneira de oferecer a todos os advogados do estado cursos de grande qualidade”, diz o novo coordenador de Direito Público. “A advocacia iniciante também é uma preocupação. Vamos oferecer cursos que contribuam efetivamente no dia a dia do exercício da profissão”, pontua.

Assim como nas gestões anteriores, o investimento no ensino a distância deve crescer gradativamente e tem o objetivo de dar mais oportunidades a todos os advogados paranaenses. Os cursos presenciais continuarão sendo oferecidos na capital e no interior, com a alternativa de acesso ao mesmo conteúdo de forma digital.  Muitas vezes, os advogados têm dificuldades para participar dos cursos, em razão dos deslocamentos e o desafio de conciliar a agenda pessoal e profissional. Os cursos on-line atendem ainda a uma demanda recorrente da Comissão da Mulher Advogada de dar mais possibilidades às mulheres que são mães, atuam na profissão e querem se qualificar.

Inovação

De modo atento as mudanças diárias da sociedade, a ESA também está focando em distintos projetos visando a inovação continuada. A escola utilizará uma plataforma dedicada para disponibilizar o conteúdo, está ampliando a comunicação com as redes sociais, planeja incluir mais serviços no aplicativo e disponibilizar um podcast mensal com conteúdo sobre diversos temas, projeto conduzido pela advogada Natália Gasparin.

Fonte: OAB/PR

 

Postado em: Notícias | Tags:

© 2019 - OAB-PR - Coordenação de Informática - Todos os Direitos Reservados